Ocean Winds quer ser líder global em eólica no mar

postado em: Noticias | 0

NEGÓCIOS E EMPRESAS EMPRESAS – 

Foco inicial de atuação será nos mercados da Europa, Estados Unidos e Ásia

Duas gigantes do setor de energias renováveis se juntaram para criar a Ocean Winds, empresa especializada em eólica offshore que chega ao mercado com um total de 1,5 GW em construção e 4 GW em desenvolvimento. A joint venture foi anunciada em 2019 e tem como sócias igualitárias a EDP Renováveis e a Engie.

A nova sociedade, sediada em Madrid, será o instrumento de investimento exclusivo de ambas as empresas para captar as oportunidades de energia eólica offshore mundialmente. A meta é alcançar 5 a 7 GW de projetos em operação ou em construção e 5 a 10 GW em desenvolvimento avançado até 2025.

Para Spyros Martinis, CEO da Ocean Wind, a sociedade combina a experiência de duas empresas bem-sucedidas em energias renováveis. “Compartilhamos uma visão que evidencia o papel principal das energias renováveis em geral, e da offshore em particular, no novo modelo energético”, disse o executivo em nota à imprensa nesta terça-feira, 21 de julho.

“Estamos acompanhando de perto, de uma forma constante, a evolução e a regulamentação de vários países. Queremos crescer não somente nos mercados onde já marcamos presença, mas também explorar oportunidades de acrescentar valor em países novos”, complementou Grzegorz Gorski, diretor de Operação da Ocean Wind.

A OW visa principalmente os mercados da Europa, Estados Unidos e certas zonas da Ásia, de onde deverá vir a maioria do crescimento.