China conclui com sucesso sistema de armazenamento de energia de ar comprimido de 100 MW

postado em: Noticias | 0

Postado em 27 de julho de 2020 | 19:48

Engenheiros do Instituto de Engenharia Termofísica da China  foram muito além da solução de estocar o vento e anunciaram que deu certo o teste final de um novo sistema de armazenamento de energia usando ar-comprimido.  A solução vai funcionar como um elemento superagregador para as fontes de energia renováveis, como a solar e a eólica. A instalação tem capacidade para armazenar até 100 MW do excedente gerado por fontes renováveis de energia. Dada a intermitência dessas fontes, a eletricidade é usada para comprimir o ar em tanques. Posteriormente, à noite ou quando os ventos estiverem fracos, o ar-comprimido é usado para girar uma turbina e gerar eletricidade, garantindo um suprimento estável e contínuo.

Os testes finais envolveram um componente crucial do sistema de armazenamento, o expansor de alta potência e de múltiplas fases. A equipe afirma que o sistema de armazenamento de energia de ar comprimido apresentou um excelente potencial de desenvolvimento, apresentando vantagens de armazenamento em larga escala, baixo custo, alta eficiência, além de ser ecologicamente amigável.

Anteriormente, a mesma equipe já havia obtido sucesso em outras tecnologias-chave para o sistema, incluindo o compressor e o sistema de armazenamento e troca de calor supercríticos. O desenvolvimento do novo expansor tem um longo histórico. A equipe desenvolveu protótipos do sistema de armazenamento de energia de ar comprimido de 1,5 MW e 10 MW em 2013 e 2016, mas agora a condição passou a ter mais condições de se colocar no mercado.