AES Tietê de olho em eólicas no Nordeste e solares

postado em: Noticias | 0

Geradora quer desenvolver usinas para vender energia no mercado livre

DA AGÊNCIA CANALENERGIA

A AES Tietê vai fazer a sua expansão através de eólicas e solares. Em teleconferência realizada nesta quarta-feira, 6 de novembro, o CEO da empresa, Ítalo Freitas Filho, revelou que a estratégia é fazer aquisições de eólicas localizadas no Nordeste para formação de clusters. A outra parte da estratégia é a de desenvolver eólicas e parques solares para vender a energia no ambiente de contratação livre. “O mercado livre traz retornos mais atrativos que o regulado”, explica.

Ainda de acordo com Freitas Filho, a empresa tem uma opção de compra do pipeline do projeto Tucanos, localizado na Bahia. Hoje ela tem acesso a 600 MW aptos a construção. Recentemente, a AES Tietê desistiu da compra de Alto Sertão, da Renova Energia, pelo não atendimento das condições estipuladas.

O executivo também descartou no momento um eventual interesse na compra da CEEE GT, que deverá ser privatizada pelo governo do Rio Grande do Sul. O foco é no desenvolvimento de Tucano e nas aquisições. Ele lembrou ainda que a empresa tem um diferencial com o seu portfolio hídrico e renovável, que a torna capaz de fazer uma curva ‘flat’ de acordo com o que o cliente necessita. Essa característica justifica o foco no mercado livre com contratos de longo prazo.